Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Conexão Indústria: aproximação e maior interação entre IFSP, empresas e outras instituições
Incio do contedo da pgina

Conexão Indústria: aproximação e maior interação entre IFSP, empresas e outras instituições

Criado: Segunda, 11 de Maio de 2020, 17h30

noticia ConexaoIndustria2018.11A relação com as indústrias e as empresas faz parte da missão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo. Em Bragança Paulista, por exemplo, as áreas de atuação são baseadas nas afinidades e características produtivas da região Bragantina.

O IFSP tem buscado fomentar iniciativas junto ao setor produtivo em seus diversos Campus distribuídos no estado viabilizadas, dentre outras possibilidades, também por meio de ações de Extensão. Nessa perspectiva, no 2°semestre de 2016, o “Conexão Indústria” foi proposto no Câmpus Bragança Paulista, visando atender este anseio por uma maior aproximação com o parque industrial e demais instituições públicas e privadas da região bragantina e seu entorno.

O professor Edilson R. B. de Jesus, um dos coordenadores do grupo de trabalho, observa que entende-se “Extensão” como sendo um processo educativo, cultural e científico, que possibilita às comunidades interna e externa, o diálogo, a produção de novas relações e de trocas de saberes, o repensar das ações institucionais, bem como oportuniza o contato de pessoas da comunidade externa com o conhecimento produzido no interior da instituição.

 Da direita para a esquerda, os coordenadores atuais do Conexão Indústria: Edilson R. B. de Jesus, Enzo G. Mendes, Ana C. Gobbo César,  Marcos A. Fernandes e André L. Maciel LemeA criação do Conexão Indústria teve origem a partir da iniciativa de alguns professores (agora coordenadores deste grupo) que, por já terem atuado anteriormente no setor privado, visualizaram essa necessidade e perceberam a importância da iniciativa como forma de melhoria da qualidade da formação profissional dos alunos e atendimento às diversas finalidades e objetivos para os quais foram criados os Institutos Federais. Além do prof. Edilson (mais à direita na foto), estão à frente deste trabalho também outros quatro professores (na foto, da direita para a esquerda ): Enzo G. Mendes, Ana Gobbo, Marcos A. Fernandes e André Leme.

Dentre os resultados alcançados e as diversas ações de interação que ocorreram desde o início do projeto, podem ser mencionadas palestras, visitas técnicas, doação de equipamentos, desafios tecnológicos, minicursos, participação em feiras, formalização de acordos de cooperação, manifestações de interesse/intenção de acordos, encaminhamento conjunto de trabalhos de pesquisa/desenvolvimento e publicação de artigos entre outras; ações estas, que contam com o apoio da direção do Campus, atualmente representada pelo Diretor geral, prof. Dr João Roberto Moro.

Os coordenadores do programa lembram que os desafios e necessidades presentes no dia a dia do mundo do trabalho são de caráter multidisciplinar e, nesse sentido, faz-se necessário também o envolvimento de profissionais das mais diversas áreas do conhecimento no encaminhamento de soluções que atendam a essas necessidades, incluindo não só professores, mas também os alunos como forma de aprofundamento do conhecimento, aquisição de experiência e aprimoramento da formação.  Lembram ainda que iniciativas desse tipo podem gerar inúmeras oportunidades e benefícios para ambas às partes, destacando algumas dessas possibilidades de ganho, entre outras:

Para a empresa/instituição externa, surgem possibilidades de:

  • Desenvolvimento de projetos de pesquisa com a participação de pesquisadores com grande experiência industrial e sólida formação acadêmica;
  • Sondar alunos participantes dos projetos que tenham potencial de serem contratados como colaboradores efetivos da empresa;
  • Incentivos governamentais no desenvolvimento de trabalhos de pesquisa e desenvolvimento em conjunto com instituições de ensino, a exemplo do Programa Rota 2030, que é parte da estratégia elaborada pelo Governo Federal para desenvolvimento do setor automotivo no país;
  • Difundir sua marca frente aos alunos, futuros profissionais do mercado de trabalho.

Para a instituição de ensino:

  • Maior presença e circulação de empresários pelo Campus e, também, durante os eventos pertencentes ao calendário acadêmico;
  • Aumento da rede de relacionamento do Campus;
  • Temas de trabalhos a partir de demandas reais e coorientadores externos (empresas);
  • Contratação de alunos como estagiários ou bolsistas para trabalho em projetos;
  • Alunos com mais atividades extra sala e conteúdos adicionais à grade curricular de seu curso;
  • Proximidade com situações reais da indústria (ex: visitas técnicas);
  • Doações;
  • Atualização de professores e alunos.

  

Veja também:

 

Empresas e instituições interessadas em interagir com este projeto podem contactar:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Mais informações sobre o Conexão Indústria podem ser encontradas em:

 

registrado em:
Fim do contedo da pgina